CASO DE SUCESSO

Phone House - Caso de Sucesso

Sobre a Phone House

A Phone House está em Portugal desde 1999 e é um dos principais retalhistas em Portugal no setor das Telecomunicações. Atualmente dispõe de uma rede de retalho com cerca de 100 lojas, sendo que destas 100, 6 são lojas Samsung, resultante de uma parceria muito alargada com a marca e também possuem uma loja Huawei, primeira em Portugal.

Ao contrário dos principais concorrentes, a Phone House está muito especializada em Smartphones e tudo o que gravita à volta destes equipamentos, o que permite oferecer as melhores soluções de Telecomunicações aos Clientes. Para além disso a empresa como está completamente equidistante dos operadores, permite-lhe oferecer as melhores soluções de pacotes de Televisão, Internet e Telefone a todos os Clientes.

Desafios

"A Phone House tinha na altura um ERP desenvolvido, um sistema muito antigo que era muito difícil extrair informação, muito pouco flexível sempre que precisávamos de modificar processos de negócio, tínhamos que desenhar os processos em função do que era possível fazer com o ERP e não o que seria melhor processo em si". Eng. António Lima - Group IT Director

Portanto, era vital para o futuro do negócio desenvolver um novo ERP, implementar novos sistemas de informação que nos dessem maior flexibilidade na gestão da informação.

A Solução

"Com este novo sistema, conseguimos ter a informação mais centralizada, no antigo sistema precisávamos de fazer uma determinada análise da informação. Primeiro verificar se já existiam Reports adequados para extrair a informação, mesmo se já existissem tínhamos sempre que esperar pelo dia seguinte para podermos extrair a informação. Quando implementamos o Navision, em paralelo implementamos o Power Bi, uma ferramenta de report e Business Intelligence, que está completamente interligado com o Navision que nos permite tirar informação em tempo real com muita mais qualidade e rapidez.

Sistema muito aberto, com tecnologias interessantes que permite integrar com outros sistemas. Por exemplo, quando implementamos o novo portal B2C, foi fácil fazer a ligação, criamos um sistema completamente automático. Desde que o Cliente faz uma encomenda online, automaticamente é registado no Navision e fica disponível para o armazém fazer a expedição, tudo de uma forma automática.

Antigamente isso não era possível, fazer uma encomenda online exigia ter uma pessoa a registar manualmente as encomendas e a dar seguimento para o armazém."

Perspectivas para o futuro

"Futuramente gostaríamos de proceder à digitalização de todos os processos, existem ainda processos que requerem alguma intervenção manual e portanto temos já desenvolvido um roadmap para esses desenvolvimentos procedendo à Transformação Digital. Digitalizar ao máximos os processos de forma a reduzir a intervenção humana e evidentemente o erro.
Faz parte da nossa estratégia a médio longo prazo transformar digitalmente a marca e cadeia Phone House".