Competências em Tecnologia para 2021

Competências em Tecnologia para 2021

Nunca foi tão importante compreender quais são as competências e os atributos mais procurados em Tecnologia

 

Quer seja um empregador que está a contratar novos talentos, ou um gestor à procura de planear a sua estratégia de contratação para os próximos 12 meses, nunca foi tão importante como agora compreender quais são as competências e os atributos mais procurados em Tecnologia.

 

Em tempos de incerteza, as soluções inovadoras são cada vez mais necessárias para resolver problemas complexos, e a procura por competências técnicas e de gestão especializadas não revela indícios de declínio. No entanto, a incerteza também tem significado que os profissionais estão a tornar-se mais avessos ao risco e, por isso, menos ativos e mais seletivos na procura de um novo emprego. Consequentemente, os potenciais empregadores devem ter uma visão convincente para segurar o talento tecnológico de topo. Face ao conjunto de competências, destacam-se as seguintes:

 

Cooperação entre equipas

As tecnologias facilitaram a comunicação e a colaboração, no entanto, é importante para as pessoas que desenvolvem estes tipos de ferramentas não se esquecerem dos princípios fundamentais da comunicação. Com a tecnologia a constituir um componente essencial para as organizações, é vital comunicar uma vasta gama de funções empresariais, persuadir e explicar soluções técnicas.

 

Segurança da informação

Os clientes querem ter a certeza de que os seus dados estão seguros, motivo pelo qual os talentos nestas áreas vão manter-se. A segurança da informação é um fator de risco empresarial essencial, o que se traduz numa procura elevada de talento nesta área, e de competências especializadas para lidar com as crescentes ameaças de invasões externas, como a análise de vulnerabilidades, invasões centradas na Internet of Things (IoT), criminalidade como serviço (Crime- -as-a-Service, CaaS), e potenciais ameaças internas.

 

Gestão de pessoas

Os gestores de pessoas talentosas reúnem equipas e gerem processos sem problemas em todos os níveis de uma organização. Com as organizações tecnológicas a englobarem muitas vezes indivíduos com pontos fortes em diferentes áreas, as competências de gestão de pessoas mantêm-se como um elemento indispensável e necessário para o funcionamento de uma abordagem eficiente e inclusiva no que toca às estratégias tecnológicas. A capacidade de aplicar o estilo de liderança correto a uma força de trabalho diversificada para ajudar a fortalecer os colaboradores, orientar a produtividade e promover o crescimento dentro das organizações, constitui uma competência muito procurada.

 

Privacidade de dados

O tratamento adequado dos dados que são legalmente armazenados e partilhados, constitui um requisito regulamentar essencial. Apesar do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) ter quase três anos, as empresas ainda têm problemas com as regras. Uma das infrações mais comuns é a retenção de dados durante mais tempo do que o necessário, apesar de existirem várias formas de as empresas se arriscarem a uma multa elevada. Os clientes querem uma melhor proteção dos seus dados pessoais, por isso, o conhecimento especializado do RGPD e a necessidade do talento de topo possuir uma consciência de privacidade comercial estão agora a tornar-se um requisito em várias funções tecnológicas.

 

Inteligência artificial

A Inteligência Artificial (IA) está já implementada nos processos de trabalho de muitas ferramentas e aplicações. Estamos numa corrida global ao armamento de IA, com as principais empresas tecnológicas a competir para criar as melhores aplicações da tecnologia, o que origina uma enorme procura de talento nesta área, com a aprendizagem automática, a ciência de dados e a extração de dados entre as competências mais requisitadas.

 

Liderança comercial

A liderança comercial é mais propícia para um modelo centrado no produto. Os líderes de TI precisam dos quatro C: ser curioso, ser competitivo, receber coaching e ser calmo. Os atuais desafios e pressões financeiras traduzem-se na expectativa de que tenham em conta possíveis vias de investimento sem comprometer o retorno da empresa. Decisões deste tipo requerem uma elevada apreciação e orientar a comercialização destas oportunidades empresariais no mundo digital tornou-se uma competência muito procurada.

 

Informações e análise de dados

Os grandes volumes de dados continuam a difundir-se em todos os setores, ajudando a definir e inspirar estratégias transversalmente. Desde dados geográficos complexos a sistemas de IA de aprendizagem profunda, é necessário um conjunto sofisticado de competências em termos de dados e da sua qualidade para as empresas.

 

Mentalidade ágil

Um ambiente de trabalho ágil precisa de uma mentalidade ágil para cumprir as metas e os objetivos. Consequentemente, a maioria dos empregadores está à procura de profissionais com uma mentalidade ágil para que consigam adaptar-se e prosperar no mundo cada vez mais acelerado e em mudança.

 

Fonte: IT Channel