Nuvem: A palavra-chave para a segurança da sua empresa

Nuvem: A palavra-chave para a segurança da sua empresa 1

Nuvem: o sucesso de qualquer empresa depende, mais que nunca, da força da sua cibersegurança

 

O número de ataques cibernéticos aumentou mais de 50% nos últimos três anos, segundo um relatório realizado recentemente pela Linklaters - uma empresa de advocacia multinacional.

O mercado é cada vez mais intolerante a erros e atrasos e este aumento exponencial do número de ataques revela a fraca cibersegurança nas organizações que poderá levar não apenas à supressão da sua reputação como também à sua potencial falência.

 

Cibersegurança nas empresas – Um desafio a nível mundial

O envelhecimento da infraestrutura interna de muitas organizações e a dificuldade em estabelecer a segurança corporativa está a deixar as empresas sem capacidade interna de lidar com as ameaças tecnológicas atuais, face aos ataques cada vez mais frequentes e sofisticados.

Para que uma empresa afirme que as suas operações estão seguras, tem de saber quem está no seu ambiente, quais os recursos que são acedidos, as ações que se realizam e os impactos de todos estes fatores para o panorama da segurança interna da empresa. Ter o controlo constante destas informações é impossível sem automação. Por esse motivo, tem sido extremamente difícil para as equipas de segurança das organizações saberem se a empresa está ou não realmente segura.

O processo de tentar garantir a segurança fez com que as empresas tivessem de escolher entre tentar resolver os ciberataques rapidamente ou manterem-se seguras o tempo todo.

A mudança das empresas para a nuvem é a grande tendência de investimento em tecnologias de informação que hoje se verificam nos mercados. Essa escolha significa que as empresas podem desfrutar de uma segurança superior sem comprometerem velocidade, conveniência ou simplicidade.

 

O poder da Nuvem

cloud computing (computação em nuvem) é uma tecnologia inovadora que está cada vez mais difundida nas empresas, contribuindo para a gestão das atividades, a qualificação das etapas de processo, a eficácia nos trabalhos de colaboradores e uma série de melhorias que ajudam em vários segmentos dentro do local de trabalho.

Segundo a Gartner, os workloads da infraestrutura na nuvem pública como serviço vai sofrer pelo menos 60% menos incidentes de segurança, até 2020, comparativamente aos registados nos tradicionais servidores.

A nuvem oferece mecanismos superiores de prevenção e proteção de sistemas locais: muitos fornecedores de cloud disponibilizam um vasto conjunto de políticas, tecnologias e controlos que reforçam a sua postura de segurança a nível global, o que ajuda a proteger os seus dados, aplicações e infraestrutura de potenciais ameaças, permitindo que as empresas tenham a capacidade de definir e limitar o acesso não autorizado, bem como proteger dados e disponibilizar a visibilidade necessária de temas críticos antes mesmo destes poderem impactar o negócio.

Além de fornecer maior segurança, a nuvem oferece controlos de compliance, que as empresas não conseguem disponibilizar com o mesmo nível de eficiência ou eficácia, é mais ágil do que os softwares locais, proporcionando estabilidade durante uma onda de ataques ou face a necessidades futuras, a um custo menor do que o de manter uma infraestrutura física.

 

Segurança quando efetivamente importa

A Defense Logistics Agency dos EUA, responsável pelo apoio logístico de combate, foi a primeira agência do Departamento de Defesa que transferiu o seu programa de treino para a nuvem, hospedando uma aplicação de gestão de aprendizagem de larga escala com dados sensíveis, numa nuvem comercial.

A migração oferece segurança, compliance e, para utilizadores finais, agilidade, fiabilidade, eficiência e velocidade na disponibilização de conteúdo. O nível de segurança elevado que a nuvem pode fornecer é garantido pelo tipo de empresa que o emprega.

À medida que as capacidades da nuvem melhoram, também aumentam as perspetivas de reduzir o impacto do cibercrime. As empresas que procuram melhorar as suas próprias defesas devem considerar não apenas a saúde financeira e reputação dos seus próprios negócios, mas também a saúde da economia como um todo, uma vez que os ataques à segurança custam milhões à economia global, anualmente.

 

Contacte-nos! A Hydra IT, como parceira da Microsoft, garante-lhe um serviço de qualidade, adaptado às necessidades da sua empresa, com segurança garantida!

 

Fonte:
It Channel