A importância do e-Commerce em Portugal (e no mundo)

A importância do e-Commerce em Portugal (e no mundo) 1

Pandemia providencia “oportunidade de ouro” para o e-Commerce

 

Atualmente, é possível adquirir qualquer produto ou serviço online a qualquer hora e em qualquer lugar, usando apenas um computador, um tablet ou um simples smartphone.

 

Mas afinal, o que é o e-Commerce?

O ecommerce, também conhecido como comércio eletrónico, é a comercialização de produtos e serviços através da internet.

 

Evolução do e-Commerce ao longo dos últimos anos, em Portugal

Apesar de o eCommerce em Portugal não ter vindo a crescer demasiado, em relação à média europeia, encontra-se em constante crescimento.

De acordo com o estudo da ACEPI - “Economia Digital em Portugal 2018” – em 2018 mais de metade das empresas portuguesas não tinham presença online e, segundo o Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação nas Famílias elaborado pelo INE, em 2018, apenas 37% dos residentes em Portugal dos 16 aos 74 anos referiram ter utilizado o comércio eletrónico.

Ainda assim, em 2018 a faturação via ecommerce foi de cerca de 5 mil milhões de euros, o que correspondeu a um crescimento de 17%, face ao ano anterior.

Em 2019, e de acordo com o European Ecommerce Report 2019, registou-se um aumento nesta percentagem: Portugal notou uma taxa de penetração de internet de 75% e em que 50% faz compras online.

 

O futuro do e-Commerce em Portugal após a Pandemia COVID-19

A pandemia do COVID-19 veio revolucionar a forma como o mundo vive e se relaciona entre si.

Com o encerramento de grande parte dos estabelecimentos comerciais, os portugueses recorrem mais ao comércio online, como indicam os dados divulgados pela SIBS.

As pesquisas por “Compras Online”, “Loja Online” ou “Digital” dispararam nos motores de busca, bem como o volume de compras online em Portugal. De repente, assistimos a uma verdadeira transformação digital, onde os portugueses não só aderiram em massa às compras online, como também aos pagamentos digitais e às entregas ao domicílio.

É neste contexto que todas as empresas perceberam a importância do eCommerce e da presença online.

 

A sua empresa está preparada para o e-commerce?

Prevê-se que em 2021, as compras via mobile representem 75% (talvez mais, devido à atual pandemia) de todas as vendas de comércio eletrónico e as empresas precisam de estar preparadas para satisfazer as expectativas de comércio móvel dos clientes.

As marcas precisam de estar preparadas para responder às expectativas em termos de entrega, transparência, autenticidade, sustentabilidade e em toda a experiência no geral para manter a lealdade dos clientes. A importância de ter estratégias nas suas lojas físicas e lojas de ecommerce que se complementem é crucial.

 

Os Portugueses utilizam cada vez mais o ecommerce como método de compra e estão cada vez mais confiantes nas compras online.

Vemos o ecommerce como o método compras do futuro, tendo vindo a crescer cada vez mais. Além disso, a venda online é considerada como uma aposta estratégica de alargamento de mercado para empresas já estabelecidas e uma oportunidade de negócio para pequenas empresas.

Nesse sentido, as organizações e os vendedores devem oferecer cada vez mais soluções de conveniência através dos canais online, assentando no fornecimento de uma melhor experiência ao longo da jornada de compra online do consumidor, que inclui a pesquisa, a compra e a pós-compra dos produtos.

E a sua empresa, está preparada?